PROJETOS

  • Projeto Despertar

         Atende crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social de 06 à 14 anos.
Visa oferecer atividades lúdicas oportunizando um ambiente saudável que promova a infância e o desenvolvimento integral através de oficinas de dança, música, esporte, informática e auxílio pedagógico.

 

  • Projeto Construindo Caminhos

        Tem como público-alvo adolescentes de 14 à 16 anos. Busca oportunizar espaço educativo para os adolescentes para a vivência de uma relação saudável e crítica no âmbito pessoal, familiar e social através de oficinas de informática, adolescer, trabalho, cidadania, aprendizagem, esporte profissional, capoeira e música.

 

  • Projeto Adolescer Saudável

        Promover momentos de reflexa e discussão sobre temas pertinentes a adolescência tais como: Saúde, Cidadania, Meio Ambiente Drogas, sexualidade e Violência para os adolescentes do Projeto Despertar (Grupo 3) e do Projeto Construindo Caminhos.


  • Projeto de Dança

        A proposta de criação do Projeto Hip Hop teve como objetivo o desenvolvimento da dança (com enfoque político e artístico), incentivar a prática de atividades físicas para a promoção da saúde e a construção de conhecimento. Sem que se perdesse de vista o reconhecimento e o valor da cultura brasileira, na busca dos pontos de confluência e do resgate histórico de todo esse processo.

             No âmbito pedagógico o desenvolvimento de um projeto como este pode contribuir para:

  1. Mobilização de atitudes positivas em relação à disciplina e à organização.
  2. Estímulo ao posicionamento crítico e a valorização da cidadania dessas crianças e adolescentes.
  3. Construção de um plano de unidade desenvolvido com temas/atividades que partam da realidade das crianças e adolescentes.

 

  • Projeto de Esportes

O projeto tem como finalidade: contribuir para formação esportiva e educacional de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social. Bem como a qualificação e melhoria das condições de vida destes beneficiados.

Dentro do projeto temos aulas de capoeira e jiu jitsu.

        A capoeira é uma arte genuinamente brasileira, advinda dos escravos. Sua música, proporcionada pelo som do berimbau e outros instrumentos de percussão, serviam para abafar e disfarçar esse jogo proibido.
Hoje a prática da capoeira pode ser feita por crianças, homens e mulheres de qualquer idade, cada aluno vai trabalhar os movimentos dentro dos limites do seu corpo.

         As aulas são compostas de exercícios aeróbicos – que promovem a queima de gordura e exercícios anaeróbicos – que proporcionam o desenvolvimento muscular.

         O jiu-jitsu é uma arte marcial completa, que trabalha o corpo, através de exercícios destinados ao condicionamento físico do atleta e a mente, através da concentração e busca por estratégias para superar o adversário. Além de excelente atividade física o jiu-jitsu promove também à autodefesa pessoal.
Sua prática consiste em variados golpes que procuram neutralizar, imobilizar, pressionar, e arremessar o adversário ao solo através de técnicas de quedas.


  • Projeto de Informática Básica e Avançada

         Acrescentar aos adolescentes de 13 a 16 anos do Centro Franciscano, conhecimentos gerais de informática com enforque ao mercado de trabalho, apresentando recursos que aumentam a produtividade e reduzem o tempo de produção.

  

  • Artesanato

        A  Oficina de Artesanato desenvolvida pelo Centro Franciscano, possibilita a aprendizagem de técnicas de artesanato, o desenvolvimento da criatividade e de habilidades específicas. As crianças, aprendem as técnicas do Origami e dobraduras, enfeites de jornal, etc. No final do ano letivo é realizada a Mostra de Trabalhos e Artesanato, aberta à apreciação da família, que poderá adquirir os produtos produzidos pelos pequenos artesãos.


  • Grafitagem

        Oferecer aprendizado teórico e prático de técnicas do grafite às crianças e adolescentes matriculados no Centro Franciscano, através das inscrições ou desenhos feitos com técnicas e conceitos estéticos que é reconhecido como forma de expressão artística, e pode utilizar uma infinidade de materiais como spray, latas de tinta, stêncil, giz entre outros. Seus artistas  abordam questões sobre crítica social e política, mas sempre usam um conceito artístico em sua execução.

 

  • Projeto Famílias

        Visa atender e trabalhar com as famílias das crianças e adolescentes atendidas no Centro Franciscano. Oferece suporte afetivo, humano e psicológico aos cuidadores para que possam acolher, orientar e educar seus filhos, fortalecendo os vínculos familiares.